quinta-feira, 28 de março de 2013

DIMENSÕES ESPIRITUAIS, Além do Plano Carnal





    A vida vibra em todas as dimensões do infinito celeste, onde a Terra é um dos núcleos de forças vivas que pulsam no físico, e muito mais intensamente no extrafísico. E, paralela à existência humana desdobra-se a dimensão energética de seres espirituais que evoluem nos múltiplos planos mentais de atividades para além dos limites terráqueos.

    A Terra no contexto cósmico ainda pertence à categoria de plano de provas e expiações, por isso os mais diferentes índices de desigualdades a nível intelectual e moral na existência humana.
      Mas tudo isso funciona como educandário de despertamento para o bem maior diante da vida imortal, e que no curso da evolução proporciona a integridade do Reino de Deus que refulgirá em todos os planos de vida que enquadram o planeta Terra.

     E assim realiza-se intenso trabalho de regeneração do astral terrestre a fim de que o mesmo se eleve na hierarquia dos planos astrais habitados no Cosmos, desenvolvendo-se na dimensão extrafísica ações de assistência através do amparo moral do Cristo e suas potencias angélicas.
       Os ensinamentos de Jesus operam como uma fonte viva de despertamento espiritual que orienta moralmente a criatura de auto-erguer-se e buscar os esforços interiores de elevação da consciência para vencer os abismos perturbadores extensivos aos sofrimentos humanos.

     Em Jesus nós temos o modelo perfeito de como pautar a nossa existência dentro da orientação celeste que conduz com segurança e objetividade central de despertar a racionalidade universal do Ser a caminho da eternidade: “o estado divino de espiritualidade na consciência do ser”.

    As humanidades que habitam nas diferentes moradas de mundos que compõem a grande Casa Universal são solidárias. 
    E Jesus, o verbo encarnado, por sua capacidade mental multiplica com o Pai Celeste mais outra elevada missão educadora de almas desta vez no sistema solar, exatamente no planeta Terra, que é um plano de muitas adversidades e provações.

  Jesus integra, portanto, a Suprema comunidade celestial de Espíritos puros que, sob o influxo da Mente de Deus regem, no Cosmos, os sistemas planetários e suas humanidades - vide A Caminho da Luz, espírito Emmanuel, psicografia Francisco Candido Xavier

      Para as consciências humanas: Jesus é o mais elevado Ser consciencial (preposto) de Deus, o Criador. Orientador celestial do orbe terráqueo e suas extrafísicas dimensões de vida espiritual, conduzindo os seres espirituais que habitam nas esferas astrais do nosso sistema planetário ao aperfeiçoamento intelectual, moral e integração interior com o Reino Divino (estado consciencial de espiritualidade superior) - vide Bíblia sagrada, Evang Mateus 28. 18 

     Conscientizemo-nos: Deus é Luz pura e sublime. Todo bem verte invariavelmente da Mente de Deus. O bem é a irradiação do amor e justiça divina, que integram: a virtude, a saúde, a felicidade; e eleva o ser ao bem estar na vida superior nos Céus.  E Jesus é luz que conecta a criatura com o Criador, é o Mestre da fraternidade universal que educa a mente individual e coletiva das consciências terráqueas para a emancipação com a espiritualidade celeste.

      Assim como os povos humanos têm seus representantes que os governam nos domínios das sociedades terrenas,
   
   os seres espirituais também têm seus Mentores espirituais que os orientam para o despertamento da Luz celeste no Cosmos.

      E superior à mente humana vige Deus – o Pai Criador da Vida, que idealiza no Mestre Jesus o sublime artífice das consciências imortais.
    E com Jesus também operam uma unidade grandiosa de seres angelicais que executam as providencias de ordens celestiais nos infinitos Mundos de Deus, vide Bíblia sagrada, evang João 1. 51  


        A vida é fonte eterna de sabedoria, imortalidade, amor, felicidade!

Além do Plano Carnal
Abrahão Ribeiro
Voz Q Clama
Intensivo Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E
    Voz do Espírito



quarta-feira, 20 de março de 2013

Voz Q Clama: GLÓRIA A DEUS!...




     A vida existe nas dimensões espirituais muito mais intensamente que nos planos materiais. A vida é força ativa e ininterrupta de Deus. 
       A Vida estável exuberante de atividade plena em harmonia e beleza é a que se vive nas regiões espirituais superiores fora da densidade material.

  A existência no planeta Terra ainda é considerada de nível inferior, por isso é que vemos a humanidade debater-se com quadros de sofrimentos variáveis. 
        Nos mundos superiores, no seio das estrelas, a criatura vive em harmonia mental com a sua consciência espiritual, com a Natureza, com todas as criaturas semelhantes, e com o seu Criador.

    Quando a humanidade terrestre conseguir elevar mentalmente as suas emoções e sentimentos com equilíbrio saudável dentro da ética cristã exemplificada pelo Divino Mestre, a alma humana terá despertado o Reino Divino em si mesmo nesses tempos porvir, que é um estado de espírito. E a Terra na era do espírito subirá de nível e a humanidade ascenderá na hierarquia dos planos astrais habitados no Cosmos, nos aspectos: intelectual, moral e social.
           E a existência em nosso planeta será considerada um paraíso celeste porque todas as forças positivas serão empregadas para o bem, o trabalho, o progresso, a justiça, a educação, a saúde, o amor e a verdade que farão a felicidade perene da criatura.

   A miséria, a ignorância, a corrupção, as injustiças sociais, a maldade não terão mais espaços físicos na Terra.

     Glória a Deus nas alturas celestiais do Cosmos, e paz no planeta Terra aos homens de boa vontade!
 
Além do Plano Carnal
   Abrahão Ribeiro

Voz Q Clama
Intensivo Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E
    Voz do Espírito





domingo, 17 de março de 2013

Voz Q Clama: ILUMINANDO ALMAS - Além do Plano Carnal





A iluminada missão espiritual que Jesus realizou na sua atividade salvadora com o esclarecimento da palavra, e também em atitudes, ou atos que demonstram exemplos são orientações edificantes que servem como um roteiro de libertação da ignorância/trevas na qual a humanidade se debate há séculos. E um dos muitos ensinamentos ilustrativos do evangelho que refletem os níveis energéticos das existências paralelas que circundam o plano material terrestre decorre diante da situação do obsediado da cidade de Gádara (vide Lucas 8. 26 a 39 na Bíblia sagrada). Jesus liberta o homem dos encostos invisíveis que o importunavam; assim também como não condena a Legião conturbada a perecer no caos dos abismos do plano astral.
Quem era essa Legião?
E por que a influencia sutil conturbada da Legião para com o homem qualificado como perturbado das faculdades mentais?        
E qual a razão da iniciativa do homem gadareno em morar de forma inconsciente no cemitério da região de Gádara?
Bem, a Legião era composta por várias consciências espirituais conturbadas e que na dimensão extrafisica do invisível se atraiam reciprocamente pela sintonia das afinidades e desejos impuros. Aquelas entidades se agrupavam ao redor daquelas cavernas que funcionavam como sepulcros para enterrar os mortos porque estavam sem forças morais para sintonizarem com a Luz Suprema de Deus, e se concentravam ao redor daqueles mausoléus porque continuavam presas às energias psicossomáticas que se diluíam dos laços etéreos das forças vitais de corpos em degeneração.
Esse estágio mental de perturbação em alguns momentos pode expressar, no extrafísico, uma situação em criaturas que somente vivenciam a existência material centralizada em baixos sentidos de viciações conturbadas das sensações carnais; e que falecem na vida humana desorientadas da luz Divina; e são colhidas de surpresas com continuísmo da vida além-túmulo; e que se revoltam contra os desígnios celestes; e ficam estagnadas porque não buscam a fé no Poder renovador de Deus para alcançar a luz suprema dos Céus, onde encontrarão a sustentabilidade para suas almas e, ansiosas querem sobreviver. Por isso na ignorância vampirizam energias de almas nas mesmas condições conturbadas em afinidades deprimentes no além extrafisico (verificar estudos sobre níveis de falecimentos orgânicos no livro: “Obreiros da Vida Eterna, especialmente capítulo XV, psicografia de Francisco Candido Xavier”).
“A nossa luta principal não é somente contra o primitivismo carnal, mas sim também contra as legiões e hostes espirituais da maldade e trevas do raciocínio e caráter, que vagueiam nos espaços astrais do planeta Terra (Efésios 6. 12 Bíblia sagrada). Conferir também, na Bíblia,  no livro do profeta Ezequiel 37. 1 a 16: A visão de um vale de ossos secos, almas desencarnadas que estavam sem esperanças no além extrafísico”

 A Legião fazia parte de um grupo de espíritos decaídos moralmente, e aprisionados nos abismos do extrafísico por tempo indeterminado para expiar suas energias degradantes (vide epistola do apóstolo Pedro, capítulo 2 vers 4: porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram; mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservado para o juízo). Nota: a palavra anjo no grego quer dizer espírito.
Com o transcorrer dos tempos essas Legiões de espíritos foram transmigradas para o plano terráqueo para novas lutas e provas. E agora, na aurora de renovações das idéias e atitudes da boa nova celeste estavam recebendo assistência direta das mãos do Cristo: o guia divino das almas, para receberem o chamado espiritual e ressurgirem moralmente diante das Leis da Vida. Pois muitos são convocados às metas da labuta terrestre com a finalidade de despertarem a consciência espiritual, no entanto poucos alcançam o nível moral dignos de serem selecionados para se integrarem de vez aos planos de luz da vida celeste (Evangelho de Mateus 22. 14 na Bíblia sagrada). 
Quando Cristo não condena a Legião de volta à expiação nos Abismos da consciência e concede que ela fique na dimensão extrafisica terrestre, paralelamente à vibração da mente humana; é que o Mestre Jesus compreendia na sua intuição superior que aquelas consciências conturbadas eram também ovelhas de outros planos habitados e que estavam transviadas da Luz Divina, e custodiadas à sua orientação pelo Pai Celeste – o Criador da Vida universal (vide João 10. 16 a 18).
“Pois assim como o Pai ressuscita os mortos e os vivifica, assim também o Filho vivifica aqueles que quer (João 5. 21)”.

Vem a hora, e agora é, ou seja: é chegado esse momento com Jesus... Em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão (João 5. 25). O trabalho de regeneração espiritual, vivificação de almas que padecem no Além extrafisico reconduzindo-as ao bem, à luz, ao trabalho reabilitador para que elas revigorem as esperanças em Deus e alcancem a felicidade eterna, é muito mais intenso no outro lado da existência – na vida espiritual dos seres. Nenhum ser espiritual jaz esquecido em sofrimentos sem fim. Renascer na existência material pelos fluidos orgânicos das reencarnações são canais que a Providência Divina utiliza para reeducar os sentidos e sentimentos dos seres espirituais para a eternidade, assim definiu Jesus: “melhor é, à criatura entrar na vida coxo, ou aleijado, do que, com todo o seu corpo ser lançado no inferno eterno” (Mateus 18. 8 a 9).

 O gadareno era uma frágil pessoa portadora de dupla personalidade, pois sofria inquietações sutis na sua mente, e também necessitada de reeducação na sua vontade, para se libertar das influencias negativas que o assediavam psicologicamente, prejudicando e excluindo-o do meio da comunidade e discriminando-o como um ser anti-social; e também estava comprometido com aquelas sintonias negativas, caso contrário não sofreria aquele assédio conturbado. Nada é por acaso.

do livro: Além do Plano Carnal
Abrahão Ribeiro (autor)

Intensivo de Difusão Espiritualidade – I D E



quarta-feira, 13 de março de 2013

SENTINDO-SE FORA DO CORPO - Além do Plano Carnal




“Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos (se no corpo, não sei; se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado até a terceira dimensão celeste. E sei que o tal homem (se no corpo, se fora do corpo, não sei, Deus o sabe), foi arrebatado ao paraíso e ouviu palavras inexprimíveis”...

(Apóstolo Paulo, II Coríntios 12.1 a 10) Bíblia sagrada

 A capacidade de projetar-se mentalmente para fora do corpo carnal, e sentir as interações da vida extrafísica, é tão antiga quanto o ciclo do sono fisiológico e, a consciência continuar de forma ativamente lúcida processando os sonhos nas suas mais variadas freqüências pelos canais de força da mente.

 Nestas anotações em segundo Coríntios o apóstolo Paulo se reporta a uma de suas visões em espírito além dos sentidos do plano carnal, experiência essa ocorrida na sua vida intima há mais de 14 anos, quando se dera a sua iniciação evangélica aos ideais do Cristo. Pois como é do conhecimento de todos Paulo era descendente de família de classe rica e que seguia as tradições rigorosas do judaísmo. E, quando se convertera ao cristianismo, Paulo fora deserdado por seu genitor, que não aceitando a sua mudança de atitude aos novos princípios da fé, chegara ao extremo de expulsá-lo do lar paterno... 

Paulo estando sozinho e angustiado no deserto, em certa noite estrelada quando se prepara para dormir, após as meditações, a sua alma se desliga conscientemente do corpo carnal e adentra o Mundo espiritual, que vibra em outra dimensão, na dimensão extrafísica

E assim Paulo tem intercambio educativo e maravilhoso com os seres espirituais que vivem nos planos celestes e que ajudam os seres humanos encarnados, em nome de Deus. Paulo nestes conhecimentos teve a certeza do amparo invisível dos agentes espirituais protetores. Desse glorioso experimento o apóstolo Paulo extraiu conclusões edificantes e consideráveis referentes ao corpo espiritual proposto na epístola de primeiro Coríntios, capítulo 15, versículos 44 a 50 – Bíblia sagrada. 

Maiores informações desses relatos do apóstolo Paulo, ler a obra intitulada Paulo e Estevão, psicografia de Francisco Candido Xavier.

Voz Q Clama
Intensivo Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E
    Voz do Espírito





domingo, 10 de março de 2013

SONHOS OBSCUROS - Além do Plano Carnal



     Explicando os sonhos obscuros que se projetam nos canais da mente durante o sono físico.
      O plano mental extrafísico paralelo à mente humana, em diversos casos, ainda apresenta quadros de agressividades frutos dos próprios pensamentos formas com expressões viciosas dos seres espirituais que os alimentam diariamente, tal como na existência material, em que pessoas ignorantes querem marcar espaço territorial.
        Assim não é de estranhar os sonhos obscuros e incompreendidos por muitas pessoas quando entreveem no canal do inconsciente, cenas de serem perseguidas por animais ferozes, isto representa os instintos inferiores que se desdobram nesse plano mental conexo ao físico humano. 
    No mundo material ficamos alarmados quando vemos noticiários que relacionam fatos de pessoas que saem solitariamente para se descontrair em passeios de turismo ambiental visitando determinadas paisagens da natureza: cavernas, montanhas, praias, florestas, ou rios, e deparam com indivíduos que visitam também essas paragens, porem com intenções menos dignas, pois intimamente buscam agredir barbaramente pessoas inocentes e desprevenidas.


      Infelizmente o homem ainda não educou os seus instintos para o bem sublime. Urge educar intimamente as nossas forças mentais nas energias santificadas do amor de Jesus!

Além do Plano Carnal
 Abrahão Ribeiro

Voz Q Clama
Intensivo Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E
    Voz do Espírito







terça-feira, 5 de março de 2013

LEITURA MENTAL - Além do Plano Carnal




    Experiência em sonho lúcido, noite do dia 21 para o dia 22/março/2009 

  
      Sabe uma noite daquelas em que se concilia o sono físico com relaxe sereno, e que até parece que a mente entra num estado de harmonia profunda, e que se tem impressões nítidas que o pensamento se desliga do corpo e sonha com imagens saudáveis, causando uma sensação de felicidade íntima. Foi numa dessas noites que tive essas suaves experiencias.

         Passei a noite tendo sonhos lúcidos, revi antigos parentes de atividades humanas, confabulei, troquei idéias com eles no plano mental dos sonhos despertos. Sentia como se estivesse em paisagens vivenciadas no meu passado em solo com esses antigos companheiros de luta terrestre. Continuo sonhando intensamente e, de repente muda a freqüência do sonho e me surge nas ideias do sonho imagens da região sul do estado do Paraná, mentalmente parecia que estava preocupado com alguém que viajava para o estado de São Paulo e, realmente acontecia, pois no plano físico meu filho encontrava-se em excursão por esse estado da federação.


     Estou bem desperto no plano mental extrafísico fora do meu corpo carnal, que me é sugestionado pelos fios do pensamento dar uma volta pelas regiões etéreas do território da nação brasileira. Então imprimo força mental e saio como se estivesse voando a passeio, normalmente.
   
         Sinto que volito em direção sul do Brasil, percebo mentalmente que estou passando pelo estado de Santa Catarina, revejo imagens etéreas dos efeitos das chuvas, sinto as impressões das regiões removidas pelas enchentes e passo no meio de uma formação cor de rosa de vibrações deliciosas.
        Oh! Compreendo: são vibrações mentais de bom ânimo que o povo brasileiro havia almejado para os habitantes das enchentes. Que vibração de beleza e harmonia! A prece eleva e aproxima do Céu e por vários dias satura as coisas mentalizadas com a sua energia benéfica. Continuo descendo as regiões brasileiras estou nos pampas, sopra a vibração energética do meio ambiente dos povos gaúchos. Quase cheguei mentalmente às fronteiras uruguaias.
      Concentrado na projeção imprimo vontade à mente e começo a subir o território brasileiro agora pela região das fronteiras com os países sul-americanos, vejo paisagens que passam rápidas pela minha mente, agora noto mentalmente que estou atravessando o centro-oeste, e parece que estou ficando exausto de tanto volitar.
  
         As imagens mentais passam céleres, tudo qual fleches de luz, agora estou transitando por uma região muito maltratada pela mão humana: o estado de Mato Grosso, região que abrange a Amazônia legal. As vibrações se adensam, o homem castiga a Natureza e o meio ambiente parece hostil: devastações, queimadas abusivas, árvores transformadas em cinzas, o clima refletindo desolação, e causa obstáculos à livre expansão das ideias.
       Instantaneamente, no sonho, sinto que começo a perder altura, parece que estou quase me materializando naquela região; pressinto que está na hora de retornar sentido leito em minha residência, quando uma multidão de consciências espirituais zombadoras que ainda estagiam nas zonas mentais vinculadas à ignorância me percebem, e correm atrás de mim com maneiras agressivas. Sinto suas vibrações hostis, e a algazarra lançando no ar impropérios de todo nível.    


   Nota: consciências espirituais zombadoras vagam em regiões mentais densas de ignorância, porque erram não seguindo as orientações das leis divinas que regem a vivência dos seres inteligentes. É a figura espiritual da linguagem bíblica: “o vale da sombra da morte”. 

    Aqueles seres com feições sombrias me confundiam com um grande pássaro voando, isso porque eu estava envolto com a contraparte etérea que era formada pelas minhas criações mentais (normalmente essa energia sutil envolve as pessoas durante o sono físico), e também porque por trás dessa energia irradia focos de vibrações fosforescentes do ectoplasma que se desprende para realizar a defesa magnética da projeção mental; de repente estou rente ao chão e a multidão irrefletida se aproxima qual malta de cães raivosos.
     Percebo que estou cercado por adversários inconscientes, sinto que poderia fazer um movimento brusco com os pés e despertar no corpo físico, porém não pretendia abortar a projeção astral, pois quando se retorna bruscamente ao corpo físico motivado por sustos que os seres que erram nas sombras provocam, geralmente a pessoa traz no cordão energético do corpo perispiritual alguma consciência hostil acoplada nele e ansiosa em sugar as energias físicas do encarnado, é o que faz muitas pessoas acordarem mal humoradas e tensas, isso porque foram subtraídas energeticamente à noite durante o descanso corporal. 
       Levanto as mãos para o alto e grito com todas as forças e parece até que minha voz se materializa naquele plano, percebi até o meu corpo físico na cama se contorcer num suave gemido: deixem-me em paz, em nome de Jesus! Exclamei forte, no plano extrafísico dos sonhos lúcidos. 
      As consciências com maneiras indelicadas zombam: ah! Ele chama por Jesus! E algazarram com ironia! Outras repontam: vamos ver se Jesus vai descer do Céu para socorrer.  Fiquei em atitude de prece intima com Deus, e aguardei por amparo. 
         Nisso entra em ação um ser espiritual trajado numa veste translúcida, devido ao fulgor que irradiava da sua personalidade, somente a sua presença impõe respeito (senti que era um guardião invisível a serviço do Pai Criador, e que prestava assistência naquela região); ficou bem rente de mim e as consciências perturbadoras estancaram de vez, algumas reclamaram: por que se mete protegendo esse intruso que está passando em nosso território? Compreendi que as consciências vagavam na ignorância disputando espaço territorial, e já sabiam com quem estavam lidando. 
    Então o guardião responde: "ele pediu socorro em nome de Jesus, e todos aqueles que clamam ao Senhor da Luz, com fé, são socorridos normalmente, por isso estou aqui. E além disso não se trata de um intruso e sim de uma criatura de Deus assim como nós do lado de cá, e que está se projetando em excursão mental lúcida, além do corpo físico".
       Percebi o guardião da Natureza fazer alguns movimentos rápidos com as mãos e a multidão de seres hostis esvaece em retirada, como por encanto. 

       Agora estou mais reabastecido quando ouço uma voz amiga que parece me alertar: procura seguir sempre o sentido das correntes de ar que volitarás com segurança.
     Notei que alcancei altura rapidamente e velozmente, e senti o meu corpo energético qual um raio de luz (parece que agora me acionaram uma turbina com propulsão nos meus pés); percebi que deixei aquela região inóspita; mentalizei e alcancei rapidamente o litoral do nordeste brasileiro; compreendo sutilmente que sopra uma suave brisa energética vinda dos mares.
      Oh! Que vigor incorporo mentalmente; estou feliz! O mar é um poderoso centro de forças positivas, ventos favoráveis! Vejo as luzes das cidades costeiras
     Ah! estou passando por uma avenida beira-mar de uma grande metrópole do nordeste banhada pelo Atlântico; na minha intuição surgem nitidamente imagens mentais dessa cidade de povo descontraído
     Queria continuar divagando no sonho venturoso quando: hummm! Acordo no corpo físico sentindo-me revigorado mentalmente, e sentindo um bem-estar em todo meu ser psicofísico.
Alem do Plano Carnal 
Abrahão Ribeiro
Voz Q Clama
Intensivo Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E
    Voz do Espírito