quarta-feira, 28 de agosto de 2013

SENTINDO O CELESTIAL - Além do Plano Carnal




         Apesar do meu corpo físico está deitado no silencio do meu quarto conciliando o sono pós meia noite,
    sentia a minha alma leve e bem consciente e em translado fora do organismo da matéria carnal, onde uma força superior aquietava os meus sentidos em vibrações de harmonias,
  então a minha visão espiritual se desdobra sondando o infinito e me vejo no plano extrafísico contemplando o invisível celestial, quando se descortina em minha percepção na direção do hemisfério sul, no alto, um círculo imenso e luminoso, e que cintilava vigorosamente com luz prateada.

  Surpreendo-me! Pois aquela luminosidade quando fixava diretamente o seu raio de luz a sua força me atraia irresistivelmente e me deixava atônito, era como se fosse um poderoso ímã querendo arrebatar o meu ser para o alto ao encontro daquele ambiente de luz celestial.

                        
          Notei de relance que havia um imenso espaço no sentido ascendente que separava o planalto de onde eu estava para o círculo de luz extraordinária que cintilava no espaço cósmico, e que se eu me deixasse arrastar pela sua força magnética teria primeiramente que transpor aquele vácuo profundo que separava o planalto de onde eu estava, ao espaço brilhante.
       Tentei resistir a essa atração por três vezes e, confesso que tremi de medo com o sobrenatural.
       Eu estava ao mesmo tempo deslumbrado e com receio do círculo de luz me absorver, foi quando aparece um ser de expressão jovem e aspecto nobre (no meu entendimento fluiu a ideia que se tratava de um mensageiro das potencias celestiais), e que toma a dianteira e fica parado sobre o abismo fixando de frente o raio de luz que irradiava do infinito, então me encorajo quando ele estende sua freqüência harmoniosa em minha direção e me chama para junto de si, e aí então segurei na destra daquele Ser, com firmeza.

      Bem, vou tentar transcrever no papel o que eu vi e senti após conectar com a freqüência harmoniosa do Ser translúcido.

    Transpomos em segura velocidade o espaço que era sugestivamente impressionante. A distancia até o círculo de luz era longo e bastante protegido por forças invisíveis que, na minha imaginação aguçada produziam efeitos de fleches de luz.
      Quando estavámos bem próximo do alvo notei que teríamos que ultrapassar um fortíssimo turbilhão de energias que obscureciam a chegada até o círculo de luz.
      E eu seguro nas mãos do Guia amparador passei no meio daquelas ondas que pareciam um tufão, sem me abalar mentalmente.
   Continuamos volitando e sempre subindo, quando saímos do raio de ação daquelas turbulências havia um sistema de correntes de forças que causavam impactos de temor no ser, caso a mente estivesse cristalizada com idéias negativas, e repelia de volta ao plano físico quem se aproximasse com propósitos mal intencionados. Essas correntes de forças protegiam o acesso ao círculo de luz.
   O Mensageiro celestial estendeu a sua destra sobre mim e serenei a minha freqüência mental e transpomos essas correntes de forças em frações de segundos, mas que produziram um efeito insondável de tempo e espaço no âmago de meu entendimento, e dando-me a sensação, nesse momento, como se o meu ser tivesse se desmaterializando.
Oh! Maravilha da Criação de Deus! 
  

       O astro, ou estrela, ou objeto brilhante, ou círculo de luz, não importa a forma como ele é visto, dependendo do grau de percepção de quem abre os olhos para perceber o invisível celestial e, à medida que eu me aproximava da orla do círculo, se ampliou na minha visão interior a figura de um imenso portal resplandecente que interligava o extrafísico terrestre com as dimensões superiores de vida celestial do sistema solar.
       Não percebi as extremidades do portal, aquilo que se chama na vida material marco direito, esquerdo e ou superior; pois tudo ali era simplesmente grandioso e profundo; tive a impressão que o diâmetro do portal, caso fosse necessário, daria para passar folgadamente de uma só vez toda população espiritual do planeta Terra.
    Após atravessar o acesso interdimensional daquela dimensão percebi seres transfigurados em luz que se projetavam nos espaços em especial harmonia para executar as ordens, se assim posso me expressar, do Altíssimo. E também ocorreu um fenômeno íntimo com o “guia amparador”  que me ajudava nessa projeção, percebi que o mesmo ao adentrar o portal se transmutava em luminosidade que distinguia a sua singular ascendência moral.  
   
   Coisas que percebi na velocidade do pensamento: os anjos, espíritos celestiais na natureza invisível, não possuem asas como na imagem figurativa humana; as asas apenas representam a simbologia da pureza. O medianeiro que ainda se encontra no plano carnal, na sua visão interior ele percebe e entrevê essas ondas ascendentes de luz como se fossem asas coloridas. Mas, na verdade, essas colorações no campo magnético do ser espiritual, são irradiações energéticas de altíssima freqüência do ser que transmutou o corpo astral no estado mental de natureza celeste, apenas demarca o nível moral de espírito superior em relação à alma humana.
          Quanto mais raios de luz ao redor do ser espiritual, maior é o nível mental hierárquico em relação filiativa a Deus, o Criador. E isso forma uma espécie de coroa de luz ao redor do ser angelical.
     Quando essas consciências estão em atividades as cores no seu halo eletromagnético variam de acordo os níveis assistenciais energéticos: se estão em estudo e aprendizados de ordem celestiais as cores da luz apresentam a suavidade branco neve; se estão energizando alguém com idéias sadias a luz fica dourada como um sol nascente; se estão reanimando o ânimo psicológico de alguém a luz adquire a tonalidade violeta suave; se estão curando alguém de enfermidades da alma e do corpo a luz adquire a vibração esverdeada; se estão concentrados no pensamento divino a luz cintila ondas brancas azuladas.
    Além daquele portal tudo transparecia conectado como se fossem vias de luz. Vou tentar mais ou menos fazer esta imagem compreensiva: imagine que uma pessoa estivesse confortavelmente em um satélite orbital, e com auxilio de potente telescópio pudesse visualizar na sua totalidade, o eixo principal de rodovias que interligam as capitais dos estados de uma determinada nação de norte a sul.

     Ao adentrar o portal..., a luz que irradiava sentido interior ao plano celeste, era simplesmente inexplicável! Tudo ali resplandecia muitas vezes mais que um meio dia terrestre em pleno ardor, e não feria a vista; mas fazia a mente ficar num estado de freqüência elevada com sentimentos de paz, felicidade e bom animo; cores e paisagens paradisíacas jamais imagináveis à mente humana vislumbrei enlevado; o próprio ambiente era saturado de uma energização que impulsionava os sentidos extra-sensoriais do Ser para a integração com as harmonias sublimes.
     Compreendi um princípio: assim como existe a camada de ozônio que protege o planeta Terra dos raios ultravioletas do Sol, aquelas dimensões deveriam estar revestidas por partículas eletromagnéticas invisíveis que multiplicavam a ação saudável da luz; pois procurei a causa daquele resplendor que deveria ter conexão com a presença imaterial de Deus.
   Eu estava perplexo com a beleza e harmonia daquele plano celestial e ousei perguntar ao Ser de luz que me acompanhava: - que dimensão é esta? E o Ser me esclareceu usando um processo avançado de comunicação, pois senti a sua voz mental que me conscientizou no canal de minha consciência: - se quiserdes entender tal qual a linguagem da Terra, a esfera que visualizas é a passagem que dá acesso às dimensões celestiais dos espíritos que alcançaram a razão divina. E, em sentido estelar ascendente descortinam-se os domínios celestiais de dimensões impalpáveis de luz do Cristo celeste, e as Potestades angélicas que assistem, sob a direção do Todo Poderoso Criador do Cosmos, os planos de vida inteligente que integram os sistemas de mundos das constelações de nossa Galáxia.
   Fiquei surpreendido com tão expressiva informação, e o ser de Luz veio em meu socorro: - o raio de visão que estás contemplando é somente a entrada que conduz aos planos mentais celestes de vida irradiante além da matéria, ainda não chegastes a penetrar na essência interior das dimensões de Luz. É mais ou menos assim: - como se alguém estivesse observando uma bela mansão de um determinado ângulo de seu portão principal, sem conhecer a área de integração, jardins, varandas, salas, e ambientes internos. E ressaltou o emissário da Providência: - à medida que se adentra as dimensões celestes em sentido integração com o Pai Criador, os planos extrafísicos acima são mais intensamente belos, harmônicos e eleva o ser à superior consciência com o divino.   
    O Mensageiro espiritual ainda concluiu incisivamente: -  que eu reflexionasse que o sistema solar ante de tudo era um sistema de vida inteligente, e as dimensões de luz eram por onde os agentes da Providencia Divina assistiam todos os planos de vidas do sistema, e que todo Universo era assim interligado magneticamente
    Entendi mentalmente, e tremi no meu intimo, pois senti que se eu me esforçasse na concentração elevando um pouco mais a minha freqüência mental talvez eu pudesse perceber as dimensões extrafísicas das sociedades espirituais de Júpiter ou; as esferas vitais de Saturno; ou mesmo quem sabe contemplar suavemente as dimensões superiores de vida imaterial que integram a estrela solar em conexão interestelar.
    O Espírito celestial estendeu a sua vibração mental sobre a minha mente e irradiou harmonias que ao vibrar em minha mente etérea produziram um efeito de palavras, e compreendi: - Calma! Só te é permitido contemplar, neste momento, somente este ângulo da existência.

      Senti um tremor energético em meu corpo espiritual e retornei imediatamente no raio da velocidade do pensamento ao meu organismo físico que repousava no leito em minha casa terrena.
     De retorno ao meu ambiente onde repousava o meu corpo carnal, ao entrar no meu quarto, tive a leve impressão de perceber o meu espírito fora do corpo material tal qual um balão que singra pelo espaço, mas que está fixo em uma haste por forças vigorosas.
    

     Desperto integralmente no corpo carnal sentindo que a vida é presença natural divina em várias dimensões mentais do universo infinito, onde há luz, com certeza, existe o sopro imortal da vida, que louva o seu Criador: “Os Céus proclamam a glória de Deus, e o Universo anuncia as obras das suas mãos”Salmo 19. 1 Bíblia sagrada.

Além do Plano Carnal  
Abrahão Ribeiro
Voz Q Clama
Intensivo Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E
    Voz do Espírito




domingo, 18 de agosto de 2013

PERCEPÇÃO CELESTIAL - Além do Plano Carnal





       “As coisas que olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.
    Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus” (apóstolo Paulo, primeiro Coríntios 2. 9 a 10) – Bíblia sagrada



  “Ora, o homem materialista não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucuras; e nem pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente” (primeiro Coríntios 2. 9-14) Bíblia sagrada


      “O qual é imagem do Deus invisível...

     Porque através Dele foram criadas todas as coisas que há nos Céus e na Terra, visíveis e invisíveis, sejam Tronos, sejam dimensões, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi Criado por Ele e para Ele (Colossenses 1.  15 - 16) Bíblia sagrada


     Se as coisas que eu senti, vi e ouvi além do corpo físico foram simplesmente uma produção sensitiva de minha mente, então o foco de imaginação da concentração mental do meu Ser é muitíssimo fértil, para causar esses efeitos em mim mesmo.
       Agora, se são sonhos celestiais, que Deus em sua infinita misericórdia descortinou no extrafísico ao meu espírito carente de questionamentos sobre as causas do existir, a fim de que ele sonde as profundezas do Cosmos -
     Sendo assim não posso enterrar o rol de conhecimentos que o Senhor da Vida proporcionou ao meu entendimento espiritual.
       Tenho que multiplicar! E certamente que as consciências com discernimento em espiritualidade irão entender.  


Além do Plano Carnal 
Abrahão Ribeiro

Voz Q Clama
Intensivo Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E
    Voz do Espírito


sexta-feira, 9 de agosto de 2013

ORANDO EM ESPÍRITO - Além do Plano Carnal




       "Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espirito, mas também cantarei com o entendimento (1 Coríntios 14. 15 - Bíblia sagrada)” 

    
      “Orando em todo tempo com toda oração e súplica no espírito, e vigiando nisto com toda perseverança (Efésios 6. 18 - Bíblia sagrada)"
      A prece mental em espírito nos conecta ao divino. 
    O que quer dizer prece mental em espírito? 
   É aquela atitude íntima de vibração benfeitora e confiança mental no Poder de Deus. A prece não deve ser apenas uma recitação de palavras decoradas, e sim idealizar nessa oração uma concentração de sentimentos sãos fluindo da mente para o coração vice-versa.
 Quando pensamos com vigor positivamente emitimos sons, luzes, harmonias, irradiações mentais eletromagnéticas. O nada aparentemente não existe, nunca estamos sozinhos. Pelo pensamento estamos sempre conectados em alguma fonte energética, e de preferência devemos buscar a que nos integre com os Poderes Divinos que agem no seio invisível da Natureza, sob a aura consciencial e protetora de Nosso PAI Celeste – o Pai da Criação Universal, Autor e consumador da Vida Cósmica.
     Devemos trabalhar intensamente para pacificar as ideias esforçando-nos para elevar a vibração de nossa mente nas harmonias do belo. Isso é um trabalho constante de luta interior. 
    É importante pensar neste sentido: nos momentos de solidão procurar manter a mente acondicionada de pensamentos saudáveis. E não existe maior solidão do que o silencio da noite. O sono é um portal vigoroso de abastecimento das forças físicas e psíquicas e, antes da pessoa fazer o seu repouso normal é salutar harmonizar os pensamentos a fim de que possa ter um relaxamento proveitoso durante o descanso noturno; dirigir-se a um local isolado da casa (de preferência ao ar livre) e falar solitariamente com o Criador e, se a pessoa tiver algum ressentimento de alguém - urge dirigir pensamentos de paz e fraternidade a esses desafetos; procurar visualizar a noite estrelada e se conscientizar que há um Poder Celestial Superior no comando universal da Vida; respirar tranquilamente sentindo a força vital de Deus presente em toda Natureza.
     E então depois dessas sugestões saudáveis a criatura deve entregar a consciência ao desprendimento do sono físico sob o resguardo protetor de Deus.

Além do Plano Carnal 
Abrahão Ribeiro
Voz Q Clama
Intensivo Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E
    Voz do Espírito