quinta-feira, 11 de agosto de 2011

A ENCARNAÇÃO DO VERBO, Boa Nova Celestial




            Consolidou Jesus: "Sai do Pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo e volto para o Pai" (João 16. 28)


             Jesus, espírito puro, desceu das dimensões celestiais da Vida Superior para revelar aos homens, na Terra, os princípios de amor que regem a criação de Deus em todo Universo (João 8. 23)(Colossenses 1. 15 a 16)

          - "Abrirei em parábolas a minha boca e publicarei coisas ocultas desde a fundação do mundo" (Mateus 13. 35)


          *Pense nisso: você sabia que Jesus tinha ainda muitas coisas  a nos dizer? (João 16. 12 a 13)

          Porém, estas revelações seriam nos séculos porvir atividades sob a orientação do Consolador - Espírito da verdade que procede do seio invisível do Pai Celeste, vejamos que é o próprio Jesus quem afirma: "o Espírito da verdade vos guiará e vos ensinará todas as coisas, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que  há de vir" (João 14. 16; / João 14. 26 / João 15. 26 e João 16. 7 a 13)

         Espírito da verdade: unidade dos Espíritos puros (os Anjos do Senhor) integrados na obra universal do Pai Celestial (João 1. 51), e que revelam aos seres humanos os conhecimentos da Vida Espiritual imortalizada em Deus, preparando os novos tempos da evolução humana. 
        
          Na verdade vos digo: "vereis o Céu aberto e os anjos de Deus subirem e descerem sobre o Filho do Homem" (João 1. 51) - Ou seja, realizando as vontades de Deus.

          Aquele que se une ao Senhor é um mesmo em Espírito (I Coríntios 6. 17) (I Coríntios 6. 19 a 20)

         Provai os Espíritos se são de Deus ( I João 4. 1) - ou seja, estudemos, pesquisemos para sentirmos essas vibrações superiores da espiritualidade celeste e discernirmos o espiritual

         Em atitude de interação com o Pai Celestial, conclamou Jesus a todos os seus seguidores: "E dei-lhes a glória que a mim me destes, ó Pai, para que todos sejam Um, como nós somos Um" (João 17. 22) (Mateus 9. 35 a 38)  

           Deus é Espírito e importa que os seus adoradores o sirvam em Espírito e em verdade (João 4. 24)

          A vós vos é dado saber os mistérios do reino de Deus (estado de consciência espiritual), mas aos que estão de fora todas estas coisas se dizem por parábolas (Mateus 13. 11)

Os Espíritos do Senhor que são as virtudes dos Céus, qual imenso exército que se movimenta ao receber as ordens do seu comando, espalham-se por toda a superfície extrafísica da Terra e, semelhantes a estrelas cadentes, vêm iluminar os caminhos e abrir os olhos aos cegos. 

Dizemos-vos, em verdade, que são chegados os tempos em que todas as coisas hão de ser estabelecidas no seu verdadeiro sentido, para dissipar as trevas, confundir os orgulhos e glorificar os justos.
As grandes vozes do Céu ressoam como sons de trombetas, e os cânticos dos anjos se lhes associam. Nós vos convidamos, a vós homens, para divino concerto. Tomai da lira, fazei uníssonas vossas vozes e que num hino sagrado, elas se estendam e repercutam de um extremo a outro do Universo.

Homens, irmãos a quem amamos, aqui estamos junto de vós. Amai-vos, também, uns aos outros e dizei do fundo do coração, fazendo as vontades do Pai, que está nos Céus: Senhor! Senhor! e podereis entrar no reino dos Céus.

O Espírito de Verdade
Evangelho Segundo o Espiritismo/ Allan Kardec
  
Voz
Q
Clama
Intensivo Difusão Espiritualidade Evangélica – I D E







2 comentários:

  1. Afirma Jesus, aos seus seguidores esclarecendo suas dúvidas: Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, Ele vos guiará em toda a verdade, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir (João 16. 12 a 13)

    Quem é esse Espírito da Verdade que viria acrescentar novos conhecimentos que o Mestre Jesus não pudera esclarecer naquele momento por falta de suporte intelectual nessa época? Por que o Espírito da Verdade não falaria de si mesmo? Mas falará tudo o que tiver ouvido, e anunciará o que há de vir? Ou seja, novos conhecimentos para revelar? (Revelar = tirar de sob o véu da letra?) E VOS ENSINARÁ TODAS AS COISAS... (João 14. 26) Porque é Espírito Santo, (ou seja, puro, superior), enviado e consagrado na obra do Pai, em nome de Jesus.


    Estes apontamentos do Mestre Jesus estão em perfeita concordância com o progresso intelectual e moral das criaturas, isto é, assim como a Filosofia alarga os seus horizontes e conhecimentos; e assim como a Ciência evolve e se multiplica em benefícios; e assim como a Tecnologia progride em artes que descortinam conforto; e assim como a Civilização evolui e constituem leis mais adequadas ao desenvolvimento dos povos, É ASSIM TAMBÉM COM AS CRENÇAS RELIGIOSAS QUE PRECISAM APERFEIÇOAR O SEU ACERVO MORAL DE ESPIRITUALIDADE.

    Em outra ocasião Jesus afirmou que o Espírito da Verdade é conhecido dos seus seguidores, porque habita com os seus seguidores, e está desperto nos seus esforçados seguidores (João 14, 12 a 17)

    CONSOLADOR, do grego parakletos = chamado para junto de, traduzido para o latim advocatus = chamado para junto de, a fim de assistir, assessorar, instruir como falar e agir, acompanhar...


    A nossa sociedade não conseguirá viver decentemente sem o influxo da Ciência que é responsável direta pela melhoria de qualidade de vida em todos os aspectos: saúde, bem estar, índice de desenvolvimento humano, perspectiva de acréscimo de faixa etária da vida, elevação de cidadania etc... No entanto, é inconcebível as IGREJAS E CRENÇAS CONTINUAREM SEPULTADAS EM ARQUIVOS MENTAIS OBSCUROS DA IDADE MEDIEVAL, supondo ilusoriamente que não carecemos de ensinamentos atualizados compatíveis com o progresso moral e intelectual dos povos civilizados e enquadrados na ordem e Justiça perfectíveis de Deus, quando o próprio Mestre afirma categoricamente, com relação aos tempos futuros: AINDA TENHO MUITO QUE VOS DIZER... PORÉM, O ESPÍRITO DA VERDADE, É QUEM VOS ANUNCIARÁ O QUE HÁ DE VIR (João 16. 12 a 13). Claro, que, em matéria de espiritualidade.

    ResponderExcluir
  2. boa tarde..
    interessante seu texto,
    Mas progresso intelectual e moral, o homem cada dia mais se afasta do preceitos de Deus, se afastam da autoridade de Deus, e querem viver cada dia segundo a sabedoria do homem, concupiscências carnais e passando por cima das Escrituras, Deus não muda, o homem é quer fazer um Deus a cada dia, segundo oque ele acha que é o certo.

    Mas é só a minha opinião..

    abraços
    fica com Deus..

    ResponderExcluir